domingo, 21 de março de 2010

Na madrugada

Na madrugada, tudo grita
o silêncio grita,
o passado grita,
a minha mente grita,
a solidão, escancarada, grita,
meu coração já ficou rouco
e eu permaneço em silêncio.

2 comentários:

Steres disse...

Em mim o silêncio é gritante.
Que vem rasgando todo o meu ser me pedindo atenção cheio de exclamação. (Stephanie S.)

Um olhar no horizonte... disse...

Nossa Ígaro...
Já escrevi um bem parecido com este... sou eu aí, será?
rsrsrrrsrs.... Parabéns!