sábado, 6 de novembro de 2010

O tudo de ser feliz

Um misto de sons,
de sonhos,
de cores.
Tudo formando algo novo.
Tudo hermeticamente, por assim dizer,
mostrando uma coisa nova,
uma ideia nova,
que é intensificada pela esperança
e pela perseverança de quem sonha.
Tudo se tornando aspiração e
inspiração, e quem sabe,
por que não dizer,
esperança, desejo, vontade.
Tudo isso vindo num lampejo,
num segundo, num milésimo de segundo,
tudo isso vindo num turbilhão,
de uma vez só, como um soco,
eu diria mais intenso.
Isso, tudo isso, e para alguns, mais um pouco,
é a vontade, o desejo, a ânsia, o tesão, o sonho,
o tudo de querer ser feliz.

2 comentários:

Lizandra. disse...

felicidade é caminho perigoso

Ígaro D'Àvila disse...

mas sua essência vale o perigo...